loader
(34) 3842 - 2595
QUALIDADE DA ÁGUA
O DMAE possui um laboratório de análise de água, instalado na área da ETA Mumbuca. Neste laboratório o DMAE executa exames rotineiros de acordo com as exigências do Ministério da Saúde (Portaria nº 518/2004 e Decreto nº 5.440/2005). As análises de água mais complexas são realizadas em laboratórios especializados em controle de qualidade da água. A qualidade da água que abastece Monte Carmelo está entre as melhores de Minas Gerais, pelo cuidado diário dispensado pelo DMAE, desde a captação até a distribuição. A água de Monte Carmelo é a mais barata da nossa região, pois a nossa tarifa mínima é de R$ 18,10 para um consumo de 10.000 litros mensais, já embutido nesse preço o valor do esgoto. Uma água bem tratada é objetivo primordial do DMAE de Monte Carmelo que trabalha buscando um aproveitamento racional desse recurso natural, para melhorar a nossa qualidade de vida, pois o DMAE toma todos os cuidados para purificar a água bruta, garantindo água de excelente qualidade para o consumo da população, segundo os parâmetros físicos, químico e microbiológico definido pelo Ministério da Saúde. O resumo dessas análises é publicado nas contas mensais de água e os resultados de todas as análises estão publicados no mural do DMAE e disponíveis no site, em Análises.
As unidades de tratamento bem como as redes coletoras para o sistema de esgoto foram implantadas de acordo com o crescimento da cidade, sempre com um alto índice de atendimento.

A inserção de reservatórios está distribuída por toda cidade.

Esta administração já fez a outorga de 06 poços artesianos:
  • • Poço artesiano Jardim Oriente
  • • Poço artesiano Morada Nova
  • • Poço artesiano Pirapitinga I
  • • Poço artesiano Pirapitinga II
  • • Poço artesiano Catulina I
  • • Poço artesiano Catulina Rua G

REDE DE DISTRIBUIÇÃO
A rede de distribuição teve como base de desenvolvimento o projeto da Fundação SESP do Ministério da Saúde, e segundo relatório anual de 1985, apresentava 5 (cinco) anéis principais com diâmetro entre 100 e 300 mm e a malha composta de tubos de diâmetro entre 33 e 100 mm, totalizando então 76.450 m de extensão. Através desta rede, cujos anéis principais são os mesmos de hoje, era distribuída a água produzida pelos sub-sistemas Santa Bárbara/Mumbuca e Lambari, reforçado por mais quatro poços. A rede de então foi bastante ampliada em termos de malha, principalmente com utilização de diâmetros menores (no máximo 60 mm). As redes componentes dos subsistemas de poços isolados, não têm ligação com a rede distribuidora primitiva. Existem 2 (duas) instalações de bombeamento tipo “booster” na rede do Sub-sistema Santa Bárbara/Mumbuca: a primeira com 4 cv instalados, supre a parte alta do Bairro do Carmo; a segunda com 5 cv, as partes altas do Bairro Vila Nova.

LIGAÇÕES DOMICILIARES
A cidade de Monte Carmelo conta na atualidade 13.185 (Treze mil, cento e oitenta e cinco) ligações hidrometradas. A aferição e conserto de hidrômetros são feita em oficinas do próprio Dmae, sem custos para o usuário. A banca de aferição de hidrômetros do Dmae é aferida pelo INMETRO. O percentual de hidrometrização é de 97% (noventa e sete por cento).
Departamento Municipal de Água e Esgoto
(34) 3842 - 2595
dmae@dmae.montecarmelo.mg.gov.br
Av. Olegário Maciel, 480 - Centro
Monte Carmelo, Minas Gerais